segunda-feira, 18 de julho de 2011

Sampa, amo você.




Subi no topo do arranha-céu. Quis tocar São Paulo. Sobre uma transparência em um parapeito de vidro quis rabiscar seu centro e edifícios emblemáticos. É uma forma de me despedir?

5 comentários:

  1. Se voce quiser , será uma despedida...
    Se voce quiser, não será uma despedida..
    te amo e te apoio ns tua decisão...
    Maria Olivia

    ResponderExcluir
  2. De acordo com Marió! :) Sempre ao teu lado, amiga. Beijos

    ResponderExcluir
  3. taay vai nesse lugar fofo por mim

    http://coisasdadoris.blogspot.com/2011/07/programa-delicioso.html

    ResponderExcluir
  4. Quis reproduzir o que tinha escrtio um tempo atrás lááá no blog... fala assim "Realmente, sem choro nem vela, eu vejo hoje que as despedidas não mais existem e é bom lembrar que a fita amarela que amarrava a sua saia, vai estar guardada na minha caixa dos bons momentos, e então fico por aqui sendo feliz e fruindo meus 30, que muito nos orgulhamos enquanto vivíamos os vário pedaços de agora como se fosse pra sempre - por mais que soubéssemos que não.
    E nós, nas nossas camas de proporções antárticas voltamos a viver solidão...
    Vai bem e de vez em quando lembra de tudo."

    lovU

    ResponderExcluir

Quem sou eu