domingo, 31 de maio de 2009

Isaiah Berlim...domingo livre.


Como assinante do Jornal Folha de São Paulo, sinto desejo de dizer que apesar de adorar suas reportagens, jornalistas e opiniões, fico chateada muitas vezes quando vejo uma montanha deles se acumulando aqui em casa. Vão virando quase que um obelisco ao não lido e ao meu atraso ante os acontecimentos mundiais. Porém hoje, resovi que ia ler o jornal de domingo inteirinho. E olha que já ouvi dizer que um jornal como O Globo ou a Folha de domingo, em termos de quantidade de conteúdo, equivale a tudo aquilo que um homem do século XVIII era capaz de assimilar durante toda uma vida. Pois bem, quero só dividir um pensamento de um senhor chamado Isaiah Berlim (1909-1997)um filósofo que estudou conceitos e dimensões do liberalismo, pluralismo e liberdade.
Para ele:
" É uma arrogância terrível e perigosa acreditar que você, e você apenas, tem razão; que possui um olho mágico que enxerga a verdade e que outras pessoas não podem estar certas se discordam disso."
Como reitera o colunista João Pereira Coutinho, os valores implicam escolhas trágicas e agônicas; escolher certos valores implica abandonar outros.Podemos amar a liberdade. Podemos amar a igualdade. Mas não podemos ter ambas na sua expressão máxima. A liberdade total dos lobos seria o fim dos cordeiros, escreveu Berlin.

Valeu o dia!! Segue ao lado do Caderno Mais um recorte de um cartão de natal que fiz no ano passado.

Abraços (a mim porque até agora ninguém sabe da existência desse blog).

Um comentário:

  1. eu sei da existencia desse blog!!! :)

    meu cartão de natalll :)

    ResponderExcluir

Quem sou eu